20 de dez de 2013

Dr. Lair Ribeiro - Vitamina D3

É bom saber!


Conheça os inúmeros benefícios que suplementação com Vitamina D3 (colecalciferol) têm na prevenção e no tratamento de diversas doenças, incluindo o câncer, diabetes e problemas cardíacos.

Vitamina D3 previne, cientificamente comprovado, o câncer, autismo, diabetes tipo I e II, gripe, eczema, septicemia, dor muscular, melhora performance atlética, asma, depressão, hipertensão, obesidade, esclerose múltipla, resfriado, envelhecimento, insônia, calvície, degeneração macular, convulsão, fibrose cística, doença de Alzheimer, doença cardíaca, artrite, tuberculose, psoríase, perda da audição, doença periodontal, miopia, enxaqueca, esquizofrenia



.

29 de set de 2013

O holocausto da odontologia: Como a América foi envenenada por mercúrio, uma indústria em negação

Segue um conteúdo para muita reflexão.





O holocausto da odontologia: Como a América foi envenenada por mercúrio, uma indústria em negação

Terça-feira, 24 setembro de 2013.


Mike Adams - Editor da NaturalNews.com

NaturalNews - Na sexta-feira passada, o conselho da cidade de Berkeley, Califórnia, votou para continuar mantendo o mercúrio em obturações dentárias, escondendo dos consumidores o fato de que todos eles estão sendo envenenados com uma neurotoxina mortal que causa dano cerebral permanente. Esta decisão de esconder a verdade dos consumidores foi, naturalmente, apoiada por dentistas e médicos - sendo que ambos têm uma longa história de envenenar secretamente seus próprios pacientes se recusando a divulgar os efeitos nocivos dos produtos químicos mortais ou metais pesados ​​tóxicos que rotineiramente (e rentavelmente) utilizam.

Acontece que a "restauração amálgama" é intencionalmente e deliberadamente nomeada dessa maneira errônea para enganar os consumidores. Esses enchimentos são, na verdade, mais de 50 por cento de mercúrio, e uma vez instalada na boca, converte-se em vapor de mercúrio, que é então inalado pelo paciente, entrando a sua circulação sanguínea e causando danos celulares permanentes para o coração, rins, fígado e cérebro.

Clique aqui para ver um vídeo sobre obturações de mercúrio
http://www.youtube.com/watch?v=9ylnQ-T7oiA

Há também um vídeo impressionante da Universidade de Calgary, que fornece prova visual de como o mercúrio prejudica os neurônios no cérebro. Se você nunca viu esse vídeo, clique aqui para vê-lo agora .


Aqui está o motivo de tantos dentistas serem clinicamente insanos

O setor de odontologia sabe que o mercúrio é extremamente tóxico. É uma das razões porque muitos dentistas são deiagnosticados clinicamente insanos. Eles entram em contato com mercúrio durante muitos anos, e eles próprios se tornam vítimas. É por essa razão que muitos dentistas aposentados são completamente loucos. O efeito "Chapeleiro Louco" é o que acontece quando você toca, absorve ou inala, demasiadamente, o mercúrio ao longo dos anos .

Então, ao invés de tentar remover o mercúrio das obturações - o que seria a solução mais óbvia - a indústria odontológica vem há décadas, defendendo uma campanha ilusória, fingindo que obturações de mercúrio não são, de forma alguma, tóxicas. Seria porque as organizações da indústria odontológica possuem patentes pelas obturações de mercúrio e ganham enormes receitas cada vez que é uma comprada para uso em crianças?

No entanto, mesmo negando a absurda toxicidade do mercúrio, dentistas e vendedores ilegais do veneno esquecem ainda de um outro aspecto crítico de tudo isso: os danos ambientais causados ​​pelo mercúrio usado na odontologia.

O mercúrio usado na odontologia está destruindo nosso mundo

Graças a odontologia moderna, o mercúrio é "o veneno que continua a envenenar".  Mesmo após o envenenamento do paciente, o mesmo prossegue a envenenar o mundo. Como?

Cremação
Quando as pessoas que têm obturações de mercúrio morrem, muitos são cremados. Isso faz com que o mercúrio em suas bocas sejam "cozidos" e se transformam em um gás mortal que é expelido diretamente a atmosfera. Ambientalistas estão bastante familiarizados com a ideia de que o mercúrio é liberado por usinas de carvão, mas quase ninguém fala sobre o mercúrio liberado da cremação dos pacientes que foram implantados com obturações de mercúrio.

Este mercúrio é soprado pelos ventos e, eventualmente, se instala nos solos de toda a América. A partir daí, entra a comida, fazendo com que partículas de mercúrio sejam encontrados em toda a cadeia alimentar. Esta é apenas uma das muitas maneiras em que a odontologia moderna está envenenando o nosso mundo.

O mercúrio utilizado em fertilizantes para alimentos

Acredite ou não, o mercúrio também é encontrado em fertilizantes produzidos por dejetos humanos. Esses fertilizantes são rotineiramente espalhados como adubo nos EUA e em outros locais. Esta é uma prática comum, mas pouco conhecida na indústria de produção de alimentos.

A Agência de Proteção ao Ambiente dos Estados Unidos confirma abertamente: "se o adubo contaminado com mercúrio é utilizado como fertilizante agrícola, parte do mercúrio utilizado também pode evaporar para a atmosfera. Este mercúrio se dissipa no ar, e eventualmente, se deposita na água, solo e vegetação."

Esse problema é grande? De acordo com a EPA, mais de 30 toneladas de mercúrio foram utilizados ​​em obturações dentárias em 2004. Os consultórios odontológicos também estão poluindo o mundo com mercúrio através da disposição inadequada de aparelhos e suprimentos contaminados com mercúrio. Como a EPA afirma em sua página sobre a amálgama dentária:

Se os resíduos de amálgama forem enviados para um aterro, o mercúrio pode ser liberado para o ar ou lençóis de água. Se o mercúrio for incinerado, será liberado para o ar pelos canos dos incineradores. E, finalmente, quando adubos contaminados com mercúrio são utilizados como fertilizante agrícola, também se evapora para a atmosfera. Este mercúrio se espalha no ar, e eventualmente, é depositado na água, solo e vegetação. Alguns dentistas jogam o excesso de amálgama no lixo hospitalar especial, acreditando que isso seja uma prática de descarte ambientalmente segura. Se os resíduos de amálgama são inadequadamente colocados nos ''sacos vermelhos'' especiais, os resíduos podem ser incinerados e o mercúrio pode ser emitido para o ar a partir dos canos de incineração. Este mercúrio é expelido na água e no solo. A amálgama de mercúrio também se acumula em material dentário, tais como cotonetes e gaze, materiais geralmente descartados em lixo comum. Em áreas onde o lixo é incinerado, o mercúrio pode ser liberado na atmosfera.

Vendedores iegais de veneno e destruidores da vida

Os vendedores de mercúrio são todos suspeitos. São os mesmos destruidores de vida que forçam o uso de OGMs, vacinas, medicamentos psiquiátricos e outros venenos que estão destruindo o nosso mundo. Essas mesmas pessoas insistem que o mercúrio não é tóxico para os seres humanos, nem para o meio ambiente, nem para qualquer outro ser vivo de nosso planeta.

É claro que eles sabem que estão mentindo sobre o mercúrio, assim como também estão mentindo sobre os OGMs, vacinas, medicamentos psiquiátricos, glifosato, triclosan, aspartame e todos os outros venenos que agora devastam o nosso mundo.

É hora de parar o holocausto e proibir o uso de mercúrio em odontologia e medicina. O mercúrio não deve fazer parte dos consultórios dentários de uma sociedade civilizada. Estamos sofrendo envenenamento por mercúrio por muitas gerações, e Nós - povo que não irá mais tolerar as defesas de uma indústria corrupta de especulação que ganha dinheiro através da instalação de substâncias neurotóxicas na boca dos nossos filhos.

O que você pode fazer para impedir o holocausto da odontologia

Junte-se ao Natural News para eliminar este holocausto moderno:

#1) faça uso de uma odontologia sem mercúrio, para você e seus familiares. Se o seu dentista ainda utiliza mercúrio, troque de dentista.

#2) Exija que seus representantes de governo apoiem proibições legislativas de mercúrio em odontologia e vacinas.

#3) Se você atualmente possui restauração de mercúrio em sua boca, peça que seja removido por um dentista holístico competente. Por favor, lembre-se que você precisará consumir suplementos nutricionais extras antes e depois de qualquer procedimento de remoção do mercúrio para proteger seu corpo de absorvê-lo. Mais importante, você irá precisar de um respirador de oxigênio durante o procedimento para evitar a inalação de vapor de mercúrio, por que ele será perfurado! Se o seu dentista não lhe der um respirador durante este procedimento, se recuse a trabalhar com esse dentista, ponto final! (A remoção de obturações de mercúrio o expõe a níveis muito altos de vapor de mercúrio).

#4) Compartilhe esta história e mantenha as leituras do Natural News para saber a verdade sobre o mercúrio, odontologia, vacinas, OGMs e outros temas que o media se recusa a cobrir .

P.S. Não há nenhuma forma "segura" da utilização de mercúrio, como às vezes é alegado pelos vendedores ilegais do veneno. O mercúrio é tóxico em todas as suas formas e isótopos. Você pode investigar mercúrio durante todo o dia, mas você nunca encontrará um forma nutriente. Toda forma de mercúrio é um veneno para a vida em nosso planeta, sem exceção! ( Mercúrio etílico, mercúrio metálico, mercúrio inorgânico, etc).

Clique aqui para uma variedade de recursos on-line explicando as diferentes "espécies" de mercúrio encontradas.
http://www.quicksilverscientific.com/environmental/mercury-speciation/what-is-mercury-speciation-analysis.html

Saiba mais :
http://www.naturalnews.com/042193_dentistry_holocaust_mercury_fillings_poisoners.html # ixzz2gEF3dATl

Texto original

Tradução: Kátia Brunetti

Se for copiar e colar, mantenha o conteúdo e os créditos acima.

Fonte: http://fabioibrahim.blogspot.com.br/2013/09/o-holocausto-da-odontologia.html

.

14 de mar de 2013

3º Encontro Cósmico

Indicado!




3º Encontro Cósmico em Serra Negra

No próximo dia 20 de abril, sábado, às 14h, estará acontecendo o 3º Encontro Cósmico, que será realizado no Centro de Convenções de Serra Negra, Rua Nossa Senhora do Rosário s/nº (saída para Lindóia).
Segundo o organizador, o principal objetivo do evento, que contará com a presença de palestrantes de renome nacional, é possibilitar aos presentes o acesso a novas informações no campo da Cosmologia, bem como um mergulho rumo ao autoconhecimento.

Palestrantes convidados para este evento:
Prof. Laércio B. Fonseca (SP) – Físico formado pela Unicamp, com especialização em Astrofísica e Cosmologia, bem como em Artes Marciais, Filosofias Orientais e Espiritualismo – Tema: Ufologia Psíquica.
Laura Botelho (RJ) – Máster em Neurolinguística (NLP), Health Coach em Metamedicina, escritora e pesquisadora. Tema: Visão sistêmica entre corpo-mente-espírito.
Eduardo Marinho (RJ) – Artista de rua e observador do mundo. Por meio de sua arte, tenta provocar reflexões e questionamentos na direção da consciência. Filho de família abastada, decidiu sair de casa, sem nada, em busca de um sentido para a vida; resolveu experimentar o "não ter". Tema: Observar e absorver.

O valor do investimento (entrada) é R$ 35,00 (incluso Coffee Break). Ingressos serão vendidos até o dia 19 de abril. Entrada permitida para maiores de 14 anos. Como não haverá venda de ingressos no dia do evento, as vagas são, portanto, limitadas. Mais informações e convites através do site www.encontrocosmico.com.br ou através do e-mail encontrocosmico@gmail.com  

Os convites já estão disponíveis nos seguintes pontos de venda: Arianne Gift Shop – Rua 7 de Setembro, 200 – Loja 1 – Centro – Serra Negra/SP – Tel. (19) 3842-1412; CICAMP - Rua Cel. Pedro Penteado, 523 – Centro – Serra Negra/SP – Tel. (19) 3892-7424; Livraria 18 de Abril – Rua Comendador Guimarães, 104 – Centro – Amparo-SP – Tel. (19) 3808-6897; Infotech Informática – Rua Dr. Carlos Norberto, 244 – Centro – Socorro/SP – Tel. (19) 3895-5546  e  Elo Místiko Livros e Produtos Esotéricos - Av. Júlio de Mesquita, 206 - Cambuí - Campinas-SP - (19) 3294-9276.

Mais Informações também poderão ser obtidas pelos telefones: (19) 9827-5797 (Vivo) ou (19) 8159-3010 (Tim).

Estamos participando da Campanha do Agasalho 2013.
Colabore fazendo sua doação na entrada do evento.

.¨. Participe! .¨. .¨. Participe! .¨. .¨. Participe! .¨. .¨. Participe! .¨. .¨. Participe! .¨. .¨. Participe! .¨.